Cyndi Lauper é anunciada como representante do Conselho da Fundação Biden

Ontem, 22 de janeiro, a Fundação Biden anunciou a formação de seus dois conselhos consultivos, incluindo a cantora Cyndi Lauper. Segundo a Biden, este conselho ajudará a apoiar o trabalho da Fundação para acabar com a violência contra as mulheres e promover a igualdade LGBTQ. “Cada um dos membros do Conselho Consultivo tornou o seu trabalho de vida para proteger e promover os direitos dos mais vulneráveis”, afirmou Louisa Terrell, Diretora Executiva da Fundação Biden.

Segundo informações do site oficial da cantora, os membros do Conselho Consultivo são líderes, especialistas e defensores respeitados na vanguarda de seus campos, que foram escolhidos para aconselhar a Fundação porque entendem as complexidades dos grandes desafios que eles pretendem abordar. Já o papel de Lauper na Biden é apoiar a comunidade LGBTQ americana através da Fundação True Colors. “Na América, até 1,6 milhão de jovens vivem sem-teto a cada ano. 40 por cento deles se identificam como LGBTQ, em comparação com os sete por cento da população geral de jovens que é LGBTQ. A Fundação True Colors Fund está trabalhando duro para mudar isso”, disse Cyndi Lauper, co-fundadora do True Colors Fund.

Além da cantora Cyndi Lauper, outros membros nomeados para o Conselho Consultivo de Igualdade LGBTQ incluem: Sara Ramírez, Jason Collins, Sarah McBride, Phillip Picardi, Judy Shepard, Evan Wolfson, Marsha Aizumi, Dr. Eliza Byard, Michael Guest, Mara Keisling, Dr. Caitlin Ryan, Rev. Jasmine Beach-Ferrara, Jacob Tobia, Amit Paley, e Precious Davis. Já para os membros nomeados para o Conselho Consultivo para o Desempenho da Violência contra a Mulher incluem: Justin Baldoni, Karma Cottman, Jess Davidson, Venkayla Haynes, Rosie Hidalgo, Olivia Hinerfeld, Vivian Huelgo, Neil Irvin, Demetra Lambros, Zerlina Maxwell, Victoria Nourse, Nancy Schwartzman, Patti Seger, Susan B. Sorenson, Andrew Sta. Ana, e Ebony Tucker.

Maiores detalhes sobre a Biden, acesse: bidenfoundation.org

COMENTÁRIOS